quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Colecções clássicas de saurópodes do Jurássico Superior Portugués nas XXXI Jornadas da SEP


Nas XXXI Jornadas Paleontológicas da Sociedade Espanhola de Paleontologia, alguns dos investigadores da Sociedade de História Natural  apresentaram um estudo sobre as colecções clássicas de saurópodes do Jurássico Superior Português. Esta comunicação intitulada de "Opening cabinets with historical sauropod material from the Portuguese Upper ]urassic: Systematic update” foi apresentada por Pedro Mocho (UAM/SHN/GBE, UNED) e contou com a colaboração de investigadores da Sociedade de História Natural, Grupo de Biología Evolutiva da UNED, FCPT-Dinópolis e Instituto Dom Luiz (FCUL). 

O registo fóssil de saurópodes do Jurássico Superior da Bacia Lusitânica é conhecido desde do final do século XIX, com os primeiros restos publicados pelo naturalista francês Henri Émile Sauvage enm1897-98. Mais de um século depois, muitos dos restos encontrados nos finais do século XIX e na primeira metade do século XX encontram-se depositados nos museus portugueses como é o caso do Museu Geológico em Lisboa. Neste trabalho apresentamos um vista geral por esta colecções que foram estudadas anteriormente por prestigiados paleontológos como Albert de Lapparent, Georges Zbyszewski ou Jack McIntosh. 

Nesta análise sistemática não deixou de haver tempo para Lusotitan atalaiensis e Lourinhasaurus alenquerensis, que foram integrados numa nova análise filogenética.

-----
Referencia: 

Sem comentários: